Sobre a solidão de morar longe de casa

21:03



Já fazem quase seis meses que estou morando longe dos meus pais, e meu Deus, como passa devagar! Agora que estou de férias pode ser que alguém comente: "foi num instante! Jajá se passam os 4 anos". Mas somente quem mora longe de casa sabe como é frustrante ficar longe da comida da sua mãe, das risadas dos seus amigos, do carinho do namorado ou das brincadeiras do seu pai. Ninguém faz ideia do quão é aterrorizante por volta das 17:50 num domingo chuvoso que você olha pra todos os espaços daquilo que chamam de "sua nova casa" e você não tem ninguém pra conversar. O quanto é ruim querer um ombro amigo pra desabafar e ter que recorrer para um simples Smartphone, esse que infelizmente nunca vai ser bom como um colo de mãe. 

 É frustrante saber que suas roupas não se lavam sozinhas, que quando você tiver com fome você que vai ter que se virar, que estudar acaba se tornando não uma pressão dos seus pais, mas uma obrigação do seu próprio ego em ver todas aquelas apostilas em cima da cama. Vai ter uma hora que vai precisar usar da força da sua mãe, principalmente naqueles momentos que tudo que você quer é sair correndo pra casa. Precisará fazer uso da persistência do seu pai, quando as coisas não estão dando certo e não tem fulaninho que mora logo ao lado que pode te ajudar com determinada disciplina. Da alegria da sua irmã, quando você só precisa colocar um sorriso no rosto quando as coisas estão se acumulando, e da esperança da sua vó, quando tudo aquilo que você precisa é somente um abraço do seu amado naqueles dias em que tudo está dando errado. Vai lembrar do quão está longe deles, mas como suas atitudes são refletidas em uma vida coberta de princípios. 

Quando você menos esperar vai estar em um ciclo repleto de pessoas que você nunca viu antes, sem deixar de lado os velhos amigos. Se dará conta que as responsabilidades irão triplicar e que você tem que ser você, não pelo seu ego, mas por eles. Lembrará da sua velha rotina querendo que tudo seja como antes, tempo que podia ver o que te fazia bem todos os dias. Um dia vai olhar pela janela e ver que um dia, talvez, o que hoje dá medo, se tornará sua rotina e sua futura saudade. Que por mais que doa e seu coração esteja lá, você tem que ser forte mais do que nunca aqui, hoje e agora.Mesmo distante, você vai perceber que seu lar está dentro de você.

Comente:

0 comentários