Filme: Relatos selvagens

23:59



Sou daquelas pessoas que não dispensam um bom filme, seja ele em casa, seja no cinema, gosto de ver e observar como toda uma narrativa se desenrola, e como essa, na maioria das vezes, nos prende de um jeito que não tem como parar de ver ou falar sobre o filme. Relatos selvagens me pegou de jeito. Eu diria que esse foi um dos poucos filmes no qual eu não dava nada por ele e fui bruscamente enganada. Depois de quase uma hora após ter visto o filme não consigo parar de pensar nele, por essa e outras, vos escrevo essa resenha.

Dirigido por Damián Szifon, "relatos selvagens"  é categorizado como uma comédia dramática, mas mistura suspense, tensão, romance e drama. Esse foi o primeiro filme do cinema argentino que assisti, e foi uma porta de entrada para os demais. Como já se diz no próprio nome, a selvageria urbana é muito bem retratada, no qual os protagonistas perdem o controle e tentam fazer justiça com as próprias mãos.


Relatos Selvagens são seis narrativas em um só filme. Cada narrativa não se interliga com a outra, exceto pelo sentimento contido em cada história no modo como ela surge ou se finda. A vingança, o temor, estresse ou até mesmo a depressão são abordadas em cada conto. Você acaba se sentindo na pele do personagem e isso acaba te prendendo totalmente a história.


São seis contos excepcionalmente bons. Sério. Estava na procura de somente um para poder falar pra vocês que era o meu favorito, mas é impossível.  As narrativas vão de coisas cotidianas como uma briga de trânsito, até mesmo coisas inusitadas como uma noiva que descobre a traição do marido em plena festa de casamento. O modo como a realidade se altera e como num segundo tudo se torna imprevisível faz com que o filme te prenda até o último segundo. Um filme fantástico! Ótimo para das boas risadas, como também para refletir sobre a vida Super recomento.

Já ouviram falar nesse filme? Já viram? Contem nos comentários.
.

Comente:

0 comentários