Indicação de filme: Sociedade dos poetas mortos

21:11


Sociedade dos poetas mortos é um filme de 1989 dirigido por Peter Weir. A história se passa na Welton Academy, uma escola rígida que ensina os alunos a serem grandes médicos, advogados e engenheiros no futuro. Um local repleto de regras, imposições e formalidade, no qual os meninos que lá estudam seguem roteiro de vida planejado por seus pais desde que nasceram. No entanto, as coisas começam a mudar quando o novo professor John Keating chega e apresenta aos seus alunos a filosofia de vida "carpe diem", que significa aproveitar o dia. O professor mostra aos seus alunos uma nova maneira de ver a vida, de aprender o conteúdo ensinado em sala de aula. Estimula os alunos a pensarem, a seguirem seus sonhos e viver a vida que eles querem para eles. Mas será que a sociedade daquela época está disposta a aceitar essas mudanças?


O personagem do professor Keating, vivido por Robin Williams, traz na vida daqueles meninos inquietação e reflexão, desperta o interesse dos alunos pela poesia e pela arte e mostra para eles uma outra maneira de ver o mundo e viver a vida. Por causa disso, o professor se torna uma figura mal vista pelos demais professores e  autoridades daquela escola. 

Mas para os alunos acontece o oposto. Os jovens ficam empolgados com a didática do novo professor, e procuram saber um pouco mais sobre o homem que sai dos padrões impostos naquela escola. Eles conhecem a história da Sociedade dos Poetas Mortos que foi fundada por Keating quando era aluno e ressuscitam o clube dedicado a poesia, mistério e amizade. Entretanto, isso não agrada os pais dos alunos, muito menos a direção daquele internato.


Esse é um filme muito abordado por professores e até mesmo em aulas de pedagogia, já que esse filme mostra uma outra maneira de ensinar, um outro tipo de didática. Nesse drama conhecemos um professor visionário, que instiga seus alunos a pensar por conta própria. Ele desperta nos alunos o interesse pela matéria ensinada em sala de aula, de forma que eles não se sintam pressionados a aprender, mas que aprendam pela própria vontade. Sendo assim, essa obra é indispensável para quem gosta ou trabalha com educação.

"Sociedade dos Poetas Mortos" foi, em seu ano de lançamento candidato ao Oscar em várias categorias, e conquistou o prêmio de melhor roteiro. O filme traz diversas citações de grandes nomes da literatura inglesa e traz muitas metáforas em sua produção. A trama modifica quem assiste e promove uma reflexão se estamos realmente aproveitando a vida da melhor maneira.


"Fui para os Bosques viver de livre vontade. Para sugar todo o Tutano da Vida. Para aniquilar tudo o que não era vida e para quando morrer, não Descobrir que não vivi."

Henry David Thoreau


Conheciam o filme? Gostam de histórias assim?

Comente:

0 comentários