Resenha: Tudo que se perde, tudo que se ganha

21:58



Acredito que toda mulher tem uma fase na sua vida que começa a ver defeito em tudo: no cabelo, nas roupas, na vida amorosa e principalmente no seu corpo. A procura por ganhar ou perder peso, perder aquele pneuzinho ali, odiar algo que todo mundo diz que "está ótimo desse jeito", mas que você sabe que na verdade tem algum probleminha. É sobre esse tipo de probleminha e que se torna um problemão, que Clarissa Corrêa conta em "Tudo que se perde, tudo que se ganha".  As mais diversas crônicas pelo qual esse livro é constituído giram em torno de vários momentos da vida da autora no período em que ela perdeu 40kg. 

“Dizem que o corpo fala. Se isso é verdade, meu amigo, o meu grita.Se tem algo que não existe é a perfeição! Mesmo assim, estamos sempre correndo atrás da última novidade para secar a barriga ou para deixar o cabelo perfeito. Ser mulher muitas vezes parece ser um desafio diário que requer paciência, motivação e, principalmente, força de vontade! Força de vontade para lidar com as eternas insatisfações femininas, motivação para manter a autoestima em alta, paciência para lidar com quem ainda não percebeu que a beleza vai muito além daquilo que foi definido como padrão. Atenta a todas essas angústias que povoam o universo das mulheres, Clarissa Corrêa nos envolve com suas divertidas narrativas que mostram tudo o que se perde ao assumir que estamos infelizes e tudo o que se ganha ao se concentrar na mudança."
• Páginas: 192
• Área temática: Crônicas, Não Ficção 
• Editora Gutenberg 
• Data de publicação: 17/08/2015


O livro inteiro retrata os momentos, o processo, as dificuldades, os problemas, as vitórias, os micos, os detalhes, os surtos, as neuroses, as dietas vivenciadas e as experiências que a autora passa nessa aventura (não tão fácil) que é a busca do peso ideal. Os momentos de não querer sair de casa por conta do peso, das dificuldades em começar a academia, em reeducar a alimentação, manter o foco em emagrecer e tantas outras que fazem com que cada um perca a disposição só de pensar são relatos de maneira bem simples e de fácil compreensão.

 O livro tem uma diagramação muito fofinha, tanto na capa quanto nas páginas. Dá até vontade de ler só pela própria capa! O título também é muito instigante, e cá entre nós, muito bem planejado, fazendo muito sentido na história toda. Tudo que se perde ao assumir a infelicidade e tudo que se ganha ao buscar a mudança. 


 A leitura é leve, fácil, divertida, tornando-se assim rápida e envolvente. Você acaba se vendo em algumas crônicas, trazendo uma certa familiaridade. É um livro bem feminino, diria que um conselho de mulher pra mulher. Provavelmente um homem não teria curiosidade em ler esse livro.

 De um modo geral, Clarissa Corrêa relata alguns fatos e divide experiência com cada leitor, trazendo de forma dinâmica tudo aquilo que ela passou na sua busca pela perca de peso, na aceitação do seu biotipo, das coisas que um dia quis modificar e que muitas vem passando ou já passaram por esse momento. Em "Tudo que se perde, tudo que se ganha", é reforçado tudo que já sabemos, mas que nunca temos coragem de admitir e compreender verdadeiramente.


 Um livro para valorizar quem você é. Um empurrãozinho para o amor próprio.

Comente:

2 comentários

  1. MANOA EU QUERO MUITOOO ESSE LIVRO, AGORA EU QUERO MAIS AINDA ♥
    com amor, Bru
    Mania de Bruna
    @ManiaDeBruna

    ResponderExcluir
  2. só esse lance de lidar com peso, micos e frustrações... já quero ler! Bom ter experiência com algo que a gente se identifica, né?

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir