Filme: Vertigo - um corpo que cai

23:24



Amo indicações de filme. Conhecer algo que pessoas que você tem apreço gostam é muito interessante. Vertigo foi recomendado diversas vezes por meus colegas de faculdade e fui tomando curiosidade pelo filme. Logo depois de ler o livro, a vontade de ver esse clássico do cinema foi imediata. E cá estou eu falando da obra de Alfred Hitchcock mais uma vez pra vocês.

O filme se passa em São Francisco onde Scottie Fergurson, um detetive aposentado devido à sua acrofobia, recebe o pedido de um velho colega de faculdade, Galvin Elster, para que vigie sua esposa, Madeleine, o qual acredita estar possuída por alguém que já morreu em decorrência do seu comportamento distante e ausente, como se ela fosse uma pessoa num corpo diferente.


Elster, que está muito bem de vida devido aos bens que tem herdado do casamento com Madeleine, acredita que Scottie possa fazer um bom e discreto trabalho já que o mesmo passou vários anos trabalhando para a polícia. Scottie recusa a princípio, mas após os pedidos do colega e por tamanha curiosidade com o caso, aceita em seguida. Elster acredita que sua esposa esteja possuída por sua bisavó (a qual nunca conheceu), já que Madeleine frequenta os mesmos lugares que ela frequentava, se veste do mesmo modo e tem tendências suicidas, aparentando estar em um corpo que não é seu. E é a partir dessa investigação que se dá a trama do filme.

Eu diria que Hitckcock brinca com quem assiste Vertigo, pois em determinado momento você pensa que ele trata de coisas sobrenaturais, e na outra acha que é sobre a mente humana, o medo e a possessão. Por vezes tentei descobrir como seria seu fim, todas em vão, pois cada cena era imprevisível. Quando você finalmente acha que tudo está enfim resolvido, as coisas mudam novamente. 


Apesar de parecer para alguns um filme com muita enrolação, achei que tudo que ocorreu na trama tinha grande importância para uma melhor absorção da obra. Com um roteiro cheio de reviravoltas, Vertigo é um filme feito para aqueles que gostam de mistério, suspense e um final surpreendente. Você termina de vê-lo com a sensação de que precisa de mais. É inteligente e intrigante.

Os filmes de Alfred Hitchcock trazem uma aura que você reconhece de longe. O modo como a história vai se desvendando e como tudo converge para um final inusitado é maravilhoso. A maestria que esse diretor tem de fazer os enredos se tornarem inesquecíveis é surpreendente. O mestre do suspense faz jus merecido ao nome que carrega, e Vertigo faz jus mais do que merecido as indicações que recebi e que tantos críticos aclamam. Sensacional.


Já viram o filme ou leram o livro?

Comente:

0 comentários