Filme: Fale com ela

15:00


Cá estou para falar sobre mais um filme de Pedro Almodóvar. Quem me conhece, sabe que sou encantada pelo modo como esse cineasta conduz suas obras. Elas conseguem tocar no âmago da alma do ser humano de uma maneira ímpar. E se os demais filmes já me tocaram de maneira particular, "Fale com ela" conseguiu isso e um pouco mais. Ele é visto por muitos como o melhor filme do cineasta espanhol. Contudo, sou incapaz de dizer qual diamante é mais precioso do que o outro, já que sou encantada de maneira especial por cada um.

O longa-metragem de 2002, conta a história de Benigno, um enfermeiro que se apaixona por Alicia, uma moça que faz ballet em uma academia em frente ao seu apartamento. Entretanto, um acidente faz com que  Alicia fique em coma, e se interne no hospital no qual Benigno trabalha, tornando-se assim o responsável pelos cuidados da bailarina. Benigno cuida de sua paciente com um cuidado acima do normal, ele a massageia, corta seus cabelos, e de uma maneira especial conversa todos os dias com ela.


Paralelamente conhecemos a história de Marco, um jornalista que se apaixona por Lydia, uma toureira. Em uma tarde, Lydia é atingida por um touro e entra em estado de coma. Marcos vira seu acompanhante e assim conhece Benigno. Logo, Benigno e Marco constroem uma amizade que nasce de algo em comum: o amor que ambos têm por mulheres que estão em coma.

Apesar de ser um filme que traz o amor à tona, esse se torna um elemento transformador. A delicadeza, o sentimento e a compaixão estão envolvidas nesse drama, do mesmo modo que questões morais são exploradas e debatidas, atingindo em cheio seu telespectador. Não só a mente, mas a alma de quem vê esse filme são tocadas de uma maneira que causa bastante impacto. A reflexão é uma das características das obras desse diretor.


A beleza desse filme e seu roteiro são tão impactantes que renderam alguns prêmios, como é o caso da conquista do oscar de 2013 com o prêmio de melhor roteiro original, e também o prêmio de melhor filme estrangeiro do globo de ouro do mesmo ano. 

Com personagens conturbados, repleto de incidentes e coincidências, essa é uma verdadeira obra de arte composta por uma mescla de dança clássica e contemporânea, cinema mudo, e uma trilha sonora que conta com Elis Regina e Caetano Veloso. De tocar a alma!

Comente:

2 comentários

  1. OOOOOOOOI

    O almodovar é de fato um diretor suuuuuper criativo e competente. Assistir um filme dele é aquelas coisas que dá prazer em se propor a fazê-lo!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa parece ser um filme lindo, amei a dica, beijos

    http://www.ritinhaangel.com.br/

    ResponderExcluir